RECOMENDAÇÕES PARA O USO DA AYAHUASCA

RECOMENDAÇÕES PARA O USO DA AYAHUASCA

Por que você quer tomar Ayahuasca?

Essa é a primeira pergunta que você deve se fazer.
Ayahuasca é uma medicina sagrada utilizada para expandir a sua consciência e lhe proporcionar uma visão direta de outros aspectos da vida que possam estar velados em seu subconsciente.

Ayahuasca é uma medicina de cura física, mental, emocional e espiritual.

 


Perigos para a saúde

Verificou-se que o uso da Ayahuasca é basicamente seguro em um grande número de trabalhos científicos. No entanto, existem circunstâncias em que não deve ser utilizada ou utilizadas com cautela. Isto é, se você tiver:

Saiba mais em espanhol.

 

O Guia de Saúde da Ayahuasca são informações necessárias e atuais para o uso saudável e seguro da ayahuasca em suas respectivas cerimonias.
O texto a seguir foi retirado do original “La Guía de Salud de Ayahuasca

 


4 Perguntas importantes antes de tomar Ayahuasca

Você já teve a experiência de ver ou ouvir coisas que os outros não podiam ver ou ouvir?

Você já teve a sensação de estar sendo perseguido ou já se sentiu ameaçado por alguém?

Você já teve a sensação de não conseguir ordenar os pensamentos em sua cabeça, por horas ou dias?

Você já viveu alguma situação em que seus pensamentos estavam muito acelerados, que você não conseguia acompanhá-los?

A resposta afirmativa a qualquer uma dessas perguntas significa que deve ser feita uma avaliação individual da pessoa antes de considerá-la apta a participar de um trabalho com a Ayahuasca. A recomendação do antigo Confen – Conselho Federal de Entorpecentes (hoje substituído pela Senad – Secretaria Anti-Drogas), quando este autorizou o uso ritual da bebida, era de excluir psicóticos e esquizofrênicos dos trabalhos.
Essas quatro perguntas são, assim, um instrumento psiquiátrico adequado para cumprir a recomendação do Confen. E esse cuidado é fundamental, pois há pessoas que apresentam surtos que poderiam ocorrer também fora do ritual da Ayahuasca, mas que acabam acontecendo dentro porque o Daime pode ser um precipitador, um desencadeador desses surtos – então temos que nos prevenir para não sermos esse desencadeador.
À medida que pudermos orientar essas pessoas e saber que elas têm um certo limite, elas poderiam ser acompanhadas e começar tomando muito pouco Ayahuasca, depois de serem medicadas. É preciso todo um processo preventivo anterior para essas pessoas suscetíveis de apresentarem quadros psicóticos participarem de um trabalho. E esse cuidado é uma proteção não só para essas pessoas, como para os próprios grupos.
Além dos distúrbios descritos acima (paranóia, esquizofrenia), há também um cuidado especial a ser tomado com pessoas que tenham o chamado transtorno bipolar – também conhecido como psicose maníaco-depressiva. Não é aconselhável que essas pessoas, que alternam estados de depressão e euforia, tomem Ayahuasca, pois podem ter uma piora no quadro de exaltação (euforia).

A VIAGEM XAMANICA

Durante o voo xamânico você pode passar por diferentes experiencias pelo Mundo Subterrâneo, Intermediário e Superior.

O Mundo Subterrâneo é onde nos conectamos com espíritos das plantas, animais e minerais. Mas também encontramos a nossa sombra, a parte mais obscura do nosso ser onde estão os instintos e sentimentos densos como a vingança e o ódio. Nesse mundo nos defrontamos com os símbolos e arquétipos dessas sombras – no filme representado por serpentes e escorpiões.

No Mundo Intermediário viajamos para o passado e futuro. Na sua jornada espiritual Mike volta ao passado e revive a cena traumática que o prende ao ódio e vingança por Blount.

E o Mundo Superior é onde nos conectamos com os mestres. Local de inspiração e onde poderemos nos conectar com nossos guias espirituais. A Montanha Mágica é o portal para esse mundo: Blount interpreta esse tesouro indígena ao pé da letra como ouro e riqueza; e para Mike, o momento da gnose onde ao invés de ter de enfrentar seu oponente terá que enfrentar os seus maiores pesadelos interiores.

Wilson Roberto Vieira Ferreira


CONSCIÊNCIA XAMÂNICA E MIRAÇÃO

É este o vôo do xamã: atingir a realidade além da nossa percepção usual, mantendo sempre aberta as portas de acesso ao mundo espiritual. Porém o mais importante que queremos destacar dentro do xamanismo é a vivência, a mobilidade de atuação do Eu dentro do transe. O Eu se torna o veículo divino, a carruagem dos cabalistas (Merkabath) que alça vôo em busca dos palácios celestes. Mas ele não se limita em contemplar seus átrios e fachadas reluzentes. Ele caminha por seus labirintos, túneis secretos, ele procura conhecer o que se passa em cada um de seus aposentos e câmaras. Esse é o roteiro da “miração”, um estado de consciência místico-xamânico, obtido com a ingestão ritual do Santo Daime, que gostaríamos de nos deter mais minuciosamente.

A “miração” é um termo que foi cunhado na tradição do Santo Daime pelo Mestre Irineu para designar o estado visionário que a bebida produz. O verbo “mirar” corresponde a olhar, contemplar. Dele deriva-se o substantivo “mirante”, que é um local alto e isolado onde se pode descortinar uma vasta paisagem. A palavra “miração” une contemplação mais ação (mira+ação), o que expressa de maneira clara que o termo foi cunhado por pessoas que eram plenamente conscientes da viagem do Eu no interior da experiência visionária, característica do êxtase xamânico.

SAIBA MAIS…

 

A experiência pode em algum ponto revelar visões notáveis, insights, produzir catarses e conseqüentes experiências de renovação e de renascimento; visões arquetípicas, de animais, plantas e flores, mandalas, cidades, de espíritos elementais, de cenas que podem ser interpretadas como lembranças de vidas passadas, ou de divindades. É possível que a experiência induza a lembrança de memórias esquecidas ou muito recuadas no tempo, como aquelas da primeira infância. Entretanto, também é possível que produza visões de aspectos desagradáveis ou reprimidos do subconsciente, ou de entidades de aspecto perturbador, como demônios. Abre-se o portal para outras formas de realidade, do acesso ao inconsciente numa perspectiva psicanalítica e da criatividade do ponto de vista da neuropsicologia e da estética.

Efeitos cognitivos – WIKIPEDIA

 

 

OS CONTEÚDOS DAS VISÕES DA AYAHUASCA

Este é um estudo para examinar quais eram as visões das pessoas durante uma cerimonia de Ayahuasca.

Analisando as visões com a Ayahuasca, foi possível comparar e quantificar as visões.

Elas revelaram que certos tipos de visões são especialmente comuns.

Pessoas de diferentes origens socioculturais relatam ter visões com um mesmo tipo de conteúdo.

Os resultados são discutidos teoricamente à luz de considerações tanto psicológicas como antropológicas.

SAIBA MAIS…

 

 

SAIBA MAIS…

 


INTERAÇÃO COM ALIMENTOS

Existe uma forte sugestão para todos aqueles que vão fazer parte de uma cerimonia com a Ayahuasca devam evitar alguns alimentos.

Essa sugestão vem do fato de que os componentes químicos da Ayahuasca interagem com os componentes químicos naturais de alguns alimentos e podem levar a uma exacerbação de alguns sintomas colaterais indesejáveis.

Esse mecanismo funcionaria da seguinte maneira:

  • A Ayahuasca atua nos inibidores de monoamina oxidase (IMAO). A função da monoamina oxidase é degradar monoaminas para que elas não acumulem no corpo ou que gerem efeitos indesejáveis.
  • Quando a monoamina oxidase é inibida, acumula-se mais monoaminas no corpo. As monoaminas endógenas são os neurotransmissores e/ou hormônios dopamina, serotonina, noradrenalina e adrenalina.
  • Caso a pessoa consuma alimentos ricos em monoamina e isso leve a um grande aumento nos níveis de monoamina na pessoa, teoricamente poderia se levar a uma crise hipertensiva.
  • Os sintomas incluem dor de cabeça, náuseas, vômitos, sudorese, aumento da frequência cardíaca, dilatação das pupilas e, muito raramente, hemorragia cerebral e morte.
  • As monoaminas são naturalmente encontradas em vários alimentos na forma de Tiramina
  • Os inibidores de monoamina oxidase (IMAO) presentes na Ayahuasca são de curta duração, reversíveis e desaparecem do corpo muito rapidamente.
  • Portanto, quando se toma Ayahuasca é menos provável que os níveis de tiramina vão acumular perigosamente, porém é mais seguro evitar os alimentos com elevadas concentrações de tiramina durante pelo menos 12 horas antes e 12 horas depois da de se tomar Ayahuasca.
  • Fatores metabólicos e bioquímicos são muito diferentes entre pessoas e podem produzir diferentes interações na toxicologia de Ayahuasca. Durante a cerimonia a qualidade da Ayahuasca, quantidade, freqüência e duração da administração da cerimonia também influenciam da vivencia e na possibilidade de gerarem efeitos indesejáveis.

SAIBA MAIS…

 


ADVERTÊNCIA: Muitos antidepressivos prescritos com IMAO são de maior duração e tem efeitos irreversíveis, por isso é importante que caso você esteja fazendo uso de antidepressivos, consultar o seu médico ou o responsável pela cerimonia para saber se você esta apto a participar da cerimonia com Ayahuasca.


 

FACILITADOR DA CERIMONIA

Procure conhecer bem a pessoa que vai ser o facilitador da cerimonia. Procure sempre uma boa indicação antes de querer participar com qualquer pessoa.

 

QUALIDADE DA AYAHUASCA.

A maioria dos casos descritos de acidentes com a Ayahuasca estava associada com o uso de outras substancias em conjunto. Alguns casos não eram com um preparo tradicional da Ayahuasca.
 


 

OUTROS SINTOMAS DURANTE O USO COM A AYAHUASCA

Os efeitos subjetivos são visão de imagens com os olhos fechados, delírios parecidos com sonhos e sensação de vigilância e estimulação. É comum ocorrer hipertensão, palpitação, taquicardia, tremores, midríase, euforia e excitação agressiva (Cazenave, 2000). Náuseas, vômitos e diarréia são comuns e podem estar associadas à ação no receptor 5-HT2.

Ayahuasca: uma abordagem toxicológica do uso ritualístico.

Rev. psiquiatr. clín. [online]. 2005, vol.32, n.6, pp. 310-318.

 


 

OUTRAS TEXTOS PARA O USO DA AYAHUASCA

Veja nossa seleção de posts sobre RECOMENDAÇÕES e assuntos pertinentes ao uso da AYAHUASCA. É importante que você tenha um mínimo de conhecimento antes de iniciar qualquer vivência com a AYAHUASCA. Não recomendo o seu uso por apenas curiosidade! Tenha um propósito claro de seu verdadeiro interesse com essa medicina sagrada.

 

 

 


Como funciona um ritual de ayahuasca?

 


 

Saiba mais sobre os Perigos da Ayahuasca:
Clique aqui


 

 

2 Comentários

  • Leandro Cesar Maia disse:

    Quem usa antirretroviral pode fazer uso?

    • Nandan disse:

      Olá, é preciso avaliar cada caso individualmente. O ideal é consultar seu medico e fazer uma avaliação. Se o quadro geral de saúde estiver normal, se a pessoa não estiver usando nenhum outro medicamento contra-indicado ao uso da Ayahuasca, não existe contra-indicação.

      Assim consideramos como contra-indicado o uso da Ayahuasca para os usuários de drogas e medicamentos psico-ativos listados a seguir – a não ser após três semanas de suspensão da medicação – como:
      Antidepressivos inibidores seletivos da recaptação da serotonina como: Fluoxetina (Prozac e outros); Citalopram (cipramil, Denyl); Paroxetina (Aropax, Ce-brilin, Pondera); Sertralina (Novativ, Sercerin);
      Antidepressivos tricíclicos como: Imipramina (Tofranil); Desipramina (Norpra-mina); Clomipramina (Anafranil);
      Antidepressivos de efeito dual ou complexo como: Venlafaxina (Efexor);
      Substancia de mecanismo de ação não muito bem estabelecido como: Lítio (Carboclim, litiocar, Neurolithium);
      Inibidores da Monamia Oxidade como: Tranilcipromina (Parnate, Stelapar); Fenelzina (Nardil).
      Por conta dos seus efeitos hipertensivos, eliminamos também os candidatos em uso de psico-estimulantes como Ritalina.

Deixe uma resposta