QUESTIONARIO PARA PARTICIPAÇÃO EM UM RITUAL DE AYAHUASCA

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO EM UM RITUAL DE AYAHUASCA

Recomendações Especiais para a Recepção de Iniciantes

 

Recomendações Especiais para a Recepção de Iniciantes Por Eliseu Labigalini Jr. (labigalini@ig.com.br) Médico-psiquiatra e pesquisador do Proad (Programa de Orientação e Assistência ao Dependente), da EPM – Escola Paulista de Medicina, UNIFESP – Universidade Federal de São PauloMembro do Núcleo de Cura e Saúde do Cefluris – Regional SP

 

1. Entrevista / Ficha de Anamnese

A intenção deste comunicado é tentar estabelecer um maior equilíbrio, uma maior sintonia entre todas as igrejas, no que se refere aos cuidados e orientações que devemos ter com pessoas que chegam para tomar o Santo Daime pela primeira vez – e também no acompanhamento atencioso daqueles que já participam dos trabalhos.
Em duas igrejas da Regional SP – Céu da Mantiqueira (Camanducaia) e Céu de Maria (São Paulo) – foi implantada uma nova ficha de anamnese, que estamos anexando a esta mensagem para que todos os interessados possam também adotá-la. A única diferença em relação à ficha anterior está na inclusão de 4 (quatro) perguntas que fazem parte da prática clínica e psiquiátrica como critérios diagnósticos para detectar casos de distúrbios psicóticos e esquizofrênicos. Elas são:

Você já teve a experiência de ver ou ouvir coisas que os outros não podiam ver ou ouvir?

Você já teve a sensação de estar sendo perseguido ou já se sentiu ameaçado por alguém?

Você já teve a sensação de não conseguir ordenar os pensamentos em sua cabeça, por horas ou dias?

Você já viveu alguma situação em que seus pensamentos estavam muito acelerados, que você não conseguia acompanhá-los?

A resposta afirmativa a qualquer uma dessas perguntas significa que deve ser feita uma avaliação individual da pessoa antes de considerá-la apta a participar de um trabalho do Santo Daime. A recomendação do antigo Confen – Conselho Federal de Entorpecentes (hoje substituído pela Senad – Secretaria Anti-Drogas), quando este autorizou o uso ritual da bebida, era de excluir psicóticos e esquizofrênicos dos trabalhos.
E realmente nós temos percebido, acompanhando algumas igrejas, que é de extrema importância respeitar essa limitação, garantindo que essas pessoas sejam orientadas e avaliadas individualmente por psiquiatras antes de poderem participar de um trabalho.
Nas duas igrejas citadas acima (Céu da Mantiqueira e Céu de Maria), as entrevistas são ministradas por psiquiatras, psicólogos e terapeutas – e da mesma forma, é recomendável que os centros dêem preferência a este tipo de profissional, com alguma experiência clínica, entre os filiados escolhidos para cuidar desta grande responsabilidade que é receber os iniciantes.
Essas quatro perguntas são, assim, um instrumento psiquiátrico adequado para cumprir a recomendação do Confen. E esse cuidado é fundamental, pois há pessoas que apresentam surtos que poderiam ocorrer também fora do Santo Daime, mas que acabam acontecendo dentro porque o Daime pode ser um precipitador, um desencadeador desses surtos – então temos que nos prevenir para não sermos esse desencadeador.
À medida que pudermos orientar essas pessoas e saber que elas têm um certo limite, elas poderiam ser acompanhadas e começar tomando muito pouco Daime, depois de serem medicadas. É preciso todo um processo preventivo anterior para essas pessoas suscetíveis de apresentarem quadros psicóticos participarem de um trabalho. E esse cuidado é uma proteção não só para essas pessoas, como para as próprias igrejas.
Além dos distúrbios descritos acima (paranóia, esquizofrenia), há também um cuidado especial a ser tomado com pessoas que tenham o chamado transtorno bipolar – também conhecido como psicose maníaco-depressiva. Não é aconselhável que essas pessoas, que alternam estados de depressão e euforia, tomem Daime, pois podem ter uma piora no quadro de exaltação (euforia).
Mas se elas estiverem sob acompanhamento médico-psiquiátrico e medicadas com estabilizadores de humor como o lítio e a carbamazepina (Tegretol), podem fazer o trabalho normalmente e geralmente não apresentam nenhum problema.

2. Medicamentos que não devem ser misturados com o Daime

Esta é outra preocupação básica na recepção aos iniciantes. Os únicos medicamentos que atualmente podem trazer algum problema para quem vai tomar o Daime são as substâncias chamadas serotoninérgicas – que aumentam a serotonina (neutrotransmissor) no cérebro. Elas podem provocar uma potencialização do efeito do Daime, causando uma crise hiper-serotoninérgica. As substâncias que mais têm esse efeito são os antidepressivos que contém fluoxetina –

Contra-indicação:

Consideramos ser contra-indicado o uso da Ayahuasca para pessoas com personalidades esquizóides e pré-psicóticas; neuróticos com instabilidade de identidade e níveis altos de ansiedade (síndrome do pânico).
Desde da década de 1960, época da descobertas de alguns antidepressivos e dos agentes inibidores da monoamina oxidase sabe-se que a utilização concomitante dessas substâncias deve ser contra-indicada. Aconselhamos os interessados a buscar referências na literatura especializada ou entrar em contato conosco para mais detalhes. Assim consideramos como contra-indicado o uso da Ayahuasca para os usuários de drogas e medicamentos psico-ativos listados a seguir – a não ser após três semanas de suspensão da medicação – como:
Antidepressivos inibidores seletivos da recaptação da serotonina como: Fluoxetina (Prozac e outros); Citalopram (cipramil, Denyl); Paroxetina (Aropax, Ce-brilin, Pondera); Sertralina (Novativ, Sercerin);
Antidepressivos tricíclicos como: Imipramina (Tofranil); Desipramina (Norpra-mina); Clomipramina (Anafranil);
Antidepressivos de efeito dual ou complexo como: Venlafaxina (Efexor);
Substancia de mecanismo de ação não muito bem estabelecido como: Lítio (Carboclim, litiocar, Neurolithium);
Inibidores da Monamia Oxidade como: Tranilcipromina (Parnate, Stelapar); Fenelzina (Nardil).
Por conta dos seus efeitos hipertensivos, eliminamos também os candidatos em uso de psico-estimulantes como Ritalina.

O bom senso indica que enquanto não se sabe ao certo os efeitos específicos de cada uma das substâncias citadas em relação às dosagens habituais de DMT e agentes inibidores da monoamina oxidase tipicamente contida no chá, não se deve incentivar o uso da Ayahuasca em pessoas usuárias dessas medicações.Além desses, existem outros antidepressivos não tão específicos em relação à serotonina quanto o Prozac, mas que também seria importante para a pessoa passar por algum tipo de avaliação antes de tomar o Daime – para podermos conversar sobre isso com o médico que a estiver acompanhando. É o caso de antidepressivos mais modernos – como a sertralina e a paroxetina. Eles não desencadeiam nenhum problema, mas o ideal seria a pessoa parar de usar tal medicação no mínimo uma semana (7 dias) antes de participar do trabalho – ou procurar uma orientação médica, na igreja ou em outro lugar, para saber qual o melhor encaminhamento. Ela pode, inclusive, voltar a tomar a medicação no dia seguinte ao trabalho: o importante é evitar tomar junto com o Daime. Já vimos casos em que a pessoa tomou um desses remédios e não aconteceu nada – mas é uma informação médica que sai em todos os artigos publicados sobre o tema e um cuidado a ser tomado, principalmente com o Prozac.

____________________________________________

QUESTIONARIO PARA PARTICIPAÇÃO EM UM RITUAL DE AYAHUASCA

CLIQUE AQUI PARA ABAIXAR A VERSÃO DO QUESTIONARIO EM PDF

Centro Eclético da Fluente Luz Universal Padrinho Manoel Corrente
Núcleo Espírita Céu da Flor
ENTREVISTA / ANAMNESENome: ……………………………………………………………………………………………………
Data de nascimento: ……/……../…….
Filiação: …………………………………………………………………………………………………
Identidade Nº: ……………………………. Órgão Expedidor: ……………………………….
Escolaridade: ………………………………………………………………………………………….
Endereço: ……………………………………………………………………………………………….
…………………………………………………………….. Telefone: ……………………………….1. Vida FamiliarEstado civil ou de convivência: ………………………………………………………………..
Tem filhos? Quantos? ……………………………………………………………………………..
Mora com: ……………………………………………………………………………………………..2. Vida ProfissionalAtividade profissional: …………………………………………………………………………….
Você gosta do que faz? ……………………………………………………………………………
Você se sente estável em seu trabalho? ………………………………………………………
Outras atividades: ……………………………………………………………………………………3. Saúde e ComportamentoVocê já teve alguma doença grave? Qual? Quando? ……………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
Já fez alguma cirurgia? Qual? Quando? ……………………………………………………..
………………………………………………………………………………………………………………
Tem atualmente algum problema de saúde? Qual? ………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
Está fazendo algum tipo de tratamento? Qual? ……………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
Se está, que remédios tem tomado? …………………………………………………………..
………………………………………………………………………………………………………………
Você bebe? Se sim, com que freqüência? …………………………………………………..
Você consome ou já consumiu algum tipo de droga? Qual? Com que freqüência? …………………………………………………………………………………………….
Você acha que seu uso de bebida ou droga trouxe prejuízos à sua vida? Quais? ………………………………………………………………………………………………………………
Já sentiu dificuldade em controlar este uso de bebida ou droga? …………………..
Você já teve a experiência de ver ou ouvir coisas que os outros não podiam ver ou ouvir? ………………………………………………………………………………………….
Você já teve a sensação de estar sendo perseguido ou já se sentiu ameaçado por alguém? ……………………………………………………………………………………………
Você já teve a sensação de não conseguir ordenar os pensamentos em sua cabeça, por horas ou dias? ………………………………………………………………………..
Você já viveu alguma situação em que seus pensamentos estavam muito acelerados, que você não conseguia acompanhá-los? …………………………………..
Já foi internado em alguma instituição psiquiátrica? ……………………………………
Onde? ……………………………………………………………………………………………………
Por que? …………………………………………………………………………………………………4. Quais destes problemas existem em sua casa?

Alcoolismo ( ) Consumo de drogas ( ) Doenças ( ) Brigas constantes (…)
Instabilidade econômica ( ) Problemas legais ( ) Outros (…) …………………..
………………………………………………………………………………………………………………

5. Espiritualidade

Você atualmente pratica alguma religião? Qual? …………………………………………
O que busca em sua prática religiosa? ……………………………………………………….
………………………………………………………………………………………………………………
Segundo seus próprios critérios, já teve alguma experiência espiritual marcante? Como foi? ………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
Você acredita que o desenvolvimento espiritual possa lhe ajudar? Em que? ………………………………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
Como soube do Santo Daime? ………………………………………………………………….
Acredita que o Santo Daime possa ser útil a você? Em que? ………………………..
………………………………………………………………………………………………………………

Trabalho de iniciação: ………………………………………………. Data: ……/……/………

6. Observações Gerais

………………………………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………………

……………………………………………………
Entrevistador

TERMO DE RESPONSABILIDADE

Eu, abaixo assinado, venho de livre e espontânea vontade solicitar o ingresso às sessões espirituais com o Santo Daime, no centro ………………………………….
Declaro que participei da reunião obrigatória, onde tomei ciência da natureza destes trabalhos, bem como da preparação exigida, dos detalhes do ritual e da condição expressa de permanecer na igreja até o fechamento dos trabalhos, assim como da proibição de portar ou usar quaisquer substâncias proscritas pela lei penal brasileira, bebidas alcoólicas, armas brancas ou de fogo. Declaro também que obedecerei a todas as determinações dos fiscais e do diretor dos trabalhos, que contribuirei para os custos de obtenção do Santo Daime e da manutenção da igreja (fixados na secretaria) e que não estou suspenso dos trabalhos pelas diretorias de quaisquer centros pertencentes ao Cefluris (Centro Eclético da Fluente Luz Universal Raimundo Irineu Serra) – Organização Daimista Sebastião Mota de Melo.

……………………………., ……… de ………………………. de ………………
(Local e data)

………………………………………………………………………..
(Assinatura)

…………………………………………………………………………
(Nome completo)


 

Saiba mais sobre os Perigos da Ayahuasca:
Clique aqui


 

(Visited 998 times, 5 visits today)

seja o primeiro a comentar

Olá! O que vc achou? Como eu posso lhe ajudar?